Buscar

CONHEÇA O PROJETO FAZ O BEM CIRCULAR

Olá pessoal, tudo bem?


Continuamos a apresentar outros projetos que também trabalham pela mesma causa que nós, do Projeto Cão de Rodinhas, apoiando e defendendo questões relacionadas aos pets com deficiência.

Hoje falaremos sobre o projeto Faz o Bem Circular, um projeto conecta tutores de pets deficientes para doações de cadeiras de rodas.

O custo de uma cadeira de rodas especialmente desenvolvida para determinado animal não é baixo, muitas vezes se tornando inacessível para muitos tutores. É neste momento que entra o projeto.


Em pouco mais de 1 ano, “Faz o Bem Circular” já distribuiu diversas cadeiras em diversos estados brasileiros. Além dos equipamentos, projeto oferece dicas de cuidados para melhorar a qualidade de vida dos animais e apoio emocional para tutores.



Segundo Flavia Panella, criadora do projeto, os pedidos de ajuda são constantes, mas também tem muita gente querendo contribuir. "O que eu faço é conectar essas pessoas. Recebo as doações e encaminho para os animais que estão precisando, ou procuro cadeiras de porte compatível em outros projetos parceiros, como o Projeto Cão de Rodinhas e Amigos do Chico, ambos de Curitiba-PR, e campanha #aishados, de Santos-SP. Essa rede, que hoje chega a cerca de 500 pessoas e que chamamos carinhosamente de corrente do bem, só vem crescendo”.


Em pouco mais de um ano, o Faz o Bem Circular já doou 16 cadeiras de rodas e diversos outros itens como órteses, coletes para hidroterapia, fraldas e remédios nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Pernambuco, Goiás e Paraná.


Além das doações, a tutora da Olivinha dá dicas de cuidados como o esvaziamento da bexiga, evitar machucados devido à locomoção, como o arrasto, e prevenir assaduras e escaras, entre outras. Ela também participa de palestras sobre o tema, com foco na visibilidade da causa dos animais deficientes. “Muitas vezes as pessoas não têm a mínima ideia de como lidar com o animal com deficiência. Em muitos lugares nem veterinários estão preparados”, diz Flavia, que também oferece apoio emocional a muitos tutores.



O projeto Faz o Bem Circular coleciona não só boas ações, mas também histórias emocionantes. A vira-latas idosa Laika foi uma das beneficiadas pelo projeto em parceria com o projeto Cão de Rodinhas. Devido a idade, a cachorrinha perdeu completamente a mobilidade das quatro patas, mas não a altivez. Tutora da Laika, dona Lourdes, de 70 anos, também não conseguia mais carregá-la. “Estava difícil, eu ficava triste mas não conseguia ajudá-la mais. Só tenho a agradecer a todos do projeto” diz dona Lourdes.

A Jujuba é outra que está se adaptando muito bem a sua nova vida de “cãodeirante”. Vítima de atropelamento, a vira-latas ficou paraplégica da cintura para baixo. “Tinha muito medo dela ficar em depressão porque era uma cachorrinha muito ativa. Mas só foi colocar ela na cadeirinha que ela saiu correndo de novo”, diz Gabriela Gonçalves, tutora da Jujuba.

No mês passado, a cadeira da Jujuba saiu de Curitiba via Correios até o bairro de Interlagos, em São Paulo, e contou com o engajamento de várias pessoas. “A rede é assim, uma doa a cadeira, outra posta no Correio, outro doa o frete, é uma ação que mobiliza em média 5 a 7 pessoas”, diz Flavia.


Sigam o projeto Faz o Bem Circular nas redes sociais (Instagram): @fazobemcircular @oliviaderodinhas




Beijos e até o próximo post em que apresentaremos mais um projeto lindo! Afinal, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES! Larissa Onuki Fundadora do Projeto Cão de Rodinhas www.caoderodinhas.com.br



48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo